TV GC

O Facebook Reactions pode substituir o botão curtir por reações

Facebook - 09/10/2015 19:57 (atualizado em 09/10/2015 20:10)
Há muitos anos, as pessoas têm pedido um botão de dislike no Facebook. E no mês passado, Mark Zuckeberg disse que a sua rede social estava pensando na melhor maneira de fazer isso. Algumas pessoas acharam que seria, literalmente, um botão de dislike mas, por sorte, elas estavam erradas. E como eu sei disso? Bem, porque neste dia 8 de outubro de 2015, o Facebook anunciou uma das maiores mudanças da sua história: a substituição do botão de curtir nos posts da sua timeline.

Não, não se preocupe. Isso não vai acontecer agora. O recurso chamado Facebook Reactions, está sendo testado apenas na Irlanda e na Espanha (por enquanto). E ele dá mais opções à interação de um botão com os posts de seus amigos: ao invés de apenas uma emoção, agora você terá sete.

O curtir continua lá, mas agora você poderá escolher outras emoções, inclusive surpresa, tristeza e raiva.
fb-emojis-reaction
Essa é uma mudança bastante drástica, que altera uma das principais formas de interação do Facebook, deixando uma questão importante: de que maneira isso afetará o que aparece no seu newsfeed?

Por enquanto a mudança não afetará nada. Qualquer uma das reações continua tendo o mesmo peso que o botão tradicional de curtir. Segundo o blog do Facebook, a maior mudança, para quem tem uma página, será a possibilidade de ver cada uma das emoções em separado, no Facebook Insights.

E COMO O FACEBOOK CHEGOU A ESSAS REAÇÕES?

Por enquanto não existem informações tão detalhadas, mas segundo o The Verge, as reações foram escolhidas através de duas técnicas: A primeira, foi escanear as reações de uma palavra mais comum nos comentários. A segunda, foi analisar os sentimentos dos usuários ao usar um dos stickers nos comentários. Assim, foi possível determinar qual era a variação mais comum de emoções, as suas palavras e a sua representação visual.

Uma outra curiosidade, é que esse recurso está sendo testado na Espanha e na Irlanda, porque são lugares onde os usuários têm poucos amigos de outros países. Isso ajuda a não mostrar o recurso para quem não pode usá-lo.

Essa é uma das maiores e mais importantes mudanças da rede social mais usada no mundo. E ela vai impactar o seu trabalho (provavelmente). Então gostaríamos que você dissesse nos comentários o que achou. Pode ser com uma palavra, mesmo. 


Fonte: Comunicadores

Mais notícias