TV GC

Sol destruiu atmosfera de Marte e mudou clima do planeta

Ciência - 06/11/2015 16:00
Sol e Marte: ventos solares transformação o clima do planeta de úmido para desértico
A atmosfera de Marte foi destruída por causa de atividades solares. Um estudo realizado e publicado pela Nasa diz que ventos decorrentes de explosões solares causaram a desintegração da atmosfera do planeta.

Cientistas acreditam que essa é a explicação para um fenômeno conhecido. A atmosfera de Marte está vazando lentamente para o universo. São expelidos gases como oxigênio, hidrogênio e dióxido de carbono. A cada segundo, Marte perde 100 gramas de gases. Pode parecer pouco, mas em bilhões de anos, é algo considerável.

A ausência de atmosfera e de gases causou, de acordo com os cientistas, resfriamento da temperatura de Marte. O dióxido de carbono, por exemplo, é importante na retenção de calor na atmosfera.

Anteriormente, cientistas haviam descoberto que Marte foi, em algum momento do passado, coberto por águas e grandes oceanos.

Um ponto ainda não explicado é para onde toda essa água foi. Em setembro, a Nasa anunciou a confirmação de que água líquida corre pela superfície de Marte, mas em pequenos volumes. Acredita-se que grandes quantidades de gelo estão sob a superfície do planeta.

As atividades solares, portanto, seriam a causa da transformação de Marte de um planeta úmido com água líquida, para um planeta desértico com reservas de gelo.

“Entender o que aconteceu com a atmosfera de Marte irá nos acrescentar conhecimento sobre as dinâmicas e evoluções de atmosferas de quaisquer planetas”, disse John Grunsfeld, administrador associado da Nasa, em comunicado.

A causa

Mas como essa transformação drástica aconteceu? Uma possibilidade é por conta da perda do campo eletromagnético do planeta.

Cientistas afirmam que no passado Marte tinha um núcleo como da Terra, formado por ferro fundido e em constante movimentação. O resfriamento do centro do planeta, no entanto, teria diminuído o eletromagnetismo.

Isso é importante pois esse campo protegia Marte de ventos solares—assim como a Terra é protegida pela sua própria magnetosfera, nome dessa camada. De acordo com cientistas, a magnetosfera de Marte é 40 vezes mais fraca do que a da Terra, fazendo com que o planeta seja menos protegido dos ventos solares.

O estudo foi realizado pela Nasa com dados coletados pela sonda MAVEN, que está orbitando Marte desde setembro de 2014.

O vídeo abaixo, feito pela Nasa, simula a perda de elementos de Marte.
Fonte: Revista Exame

Mais notícias