TV GC

Epagri apresenta números do balanço social

O Balanço Social mede o impacto financeiro, social e ambiental das tecnologias desenvolvidas e aplicadas pelas Epagri no meio rural catarinense

De Olho no Campo - 08/09/2017 09:44
Para o relatório de 2016 foram avaliadas 110 tecnologias, 49 delas cultivares.  A metodologia utilizada na avaliação foi desenvolvida pela Embrapa.
A Epagri entregou, no ano passado, R$ 5,01 de retorno aos catarinenses para cada real investido na Empresa. Este e outros números fazem parte do Balanço Social 2016, que foi lançado em agosto na sede da Empresa, em Florianópolis. 
Além do retorno de R$ 5,01 para cada real investido, o Balaço Social 2016 da Epagri também mostra que, naquele ano, a Empresa deu um retorno global de R$ 4,98 bilhões, dentro e fora de Santa Catarina, considerando a contribuição de todos os agentes que usaram as tecnologias da Epagri. Foram 114.442 mil famílias e 2.824 entidades atendidas nos 12 meses.
A Epagri fez seu primeiro balanço social em 2009, quando foi apurado um retorno de R$ 2,52 para cada real investido, índice que quase dobrou em 2016. A valorização dos preços dos produtos agrícolas frente à inflação no ano passado, que resultou num maior retorno financeiro ao agricultor catarinense, impactou o resultado do Balanço Social 2016. O número também reflete a crescente adoção, por parte dos agricultores, das tecnologias desenvolvidas e ofertadas pela Epagri.
A publicação apresenta também casos de sucesso no campo que exemplificam os bons resultados alcançados. Essa edição destaca o uso do Sistema de Plantio Direto de Hortaliças (SPDH) para produção sustentável de cebolas, a remuneração de agricultores por recuperação e conservação de áreas naturais, o apoio às famílias rurais em situação de extrema pobreza, a produção de orgânicos para alimentação escolar, entre outras ações.
EPAGRI RENOVA FROTA DE VEÍCULOS 
Além de apresentar para a sociedade os bons números do Balanço Social, a Epagri também está entregando aos escritórios municipais, centros de treinamento e estações experimentais mais de 115 veículos Fiat Mobi e Pálio, bem como mais de 66 notebooks, que foram destinados aos escritórios municipais da Epagri e outras unidades.
A Epagri vem renovando sua frota sistematicamente nos últimos anos, por que entende que o veículo é uma ferramenta indispensável de trabalho para o extensionista.
A renovação também significa economia de recursos com manutenção e combustível, além de representar menos impacto ao meio ambiente. Com o ingresso dos novos veículos a frota da Epagri passa a ter uma idade média de 5 anos.
O investimento foi feito com recursos da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, um órgão do governo federal.
A Epagri entregou dias atrás, mais precisamente no dia 17 de agosto, 15 veículos para municípios das Agências de Desenvolvimento Regional de Maravilha e de Palmitos. Estiveram presentes o presidente da Epagri, Luiz Ademir Hessmann, secretário estadual da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, deputados federais e estaduais e lideranças regionais e locais.
Os automóveis serão utilizados pelas equipes municipais da Epagri para realização das atividades de assistência técnica e extensão rural junto aos agricultores (as) dos municípios. Os municípios de Pinhalzinho, Saltinho, Saudades, Modelo, Serra Alta, Flor do Sertão, Bom Jesus do Oeste, Tigrinhos, Iraceminha, Riqueza, São Carlos, Águas de Chapecó, Caibi, Mondaí e Palmitos receberam o veículo.
Já a regional da Epagri de São Miguel do oeste recebeu no último dia 04, 16 veículos para municípios das Agências de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste, Itapiranga e Dionísio Cerqueira. 
Estiveram presentes o presidente da Epagri, Luiz Ademir Hessmann, deputados federais e estaduais e lideranças regionais e locais. Bem como diretor da Epagri e o gerente regional da Epagri Jonas Marcelo Ramon.
O veículo é uma importante ferramenta a de trabalho do extensionista, pois com ele pode realizar com mais qualidade a ATER - Assistência técnica e extensão rural junto aos agricultores (AS) dos municípios.
Parabenizamos o empenho da direção, presidente e gerencia da Epagri pelo emprenho e compreensão em dar mais qualidade e conforto aos funcionários para desenvolver com eficiência seu trabalho junto às famílias rurais.
15 ANOS DE EPAGRI 
No último dia 02 de setembro eu juntamente com mais de 200 colegas completamos 15 anos de trabalho na Epagri. Parece que foi ontem que realizamos concurso público e entramos no serviço de ATER - Assistência técnica e extensão rural.
Iniciei e continuo trabalhando no munícipio de Bandeirante, extremo oeste catarinense. Sinto-me muito feliz em poder contribuir com o desenvolvimento do município e receber o apoio e o reconhecimento das famílias, isso não tem preço e se resume numa palavra, “gratidão”.
Os extensionistas da Epagri prestam um ótimo trabalho junto às famílias rurais e pesqueiras construindo parcerias e realizando grandes ações junto à comunidade em geral.
São ações diárias que ajudam a transformar a realidade de um cenário nebuloso para um futuro promissor e cheio de esperança com a melhoria da produção, da renda e por consequência da qualidade de vida das pessoas que vivem no meio rural.


Mais notícias