TV GC

Comunidades são beneficiadas com manutenção de estradas

Em virtude da necessidade, o município contratou 200 horas de patrola, que a partir desta semana, já começa o trabalho de alargamento nas estradas gerais e acessos

Descanso - 06/12/2017 11:31 (atualizado em 06/12/2017 11:32)


Nos últimos 20 dias o governo de Descanso, por intermédio da Secretaria de Transportes, trabalhou na manutenção de algumas vias rurais de Descanso, sejam elas gerais ou secundárias. A equipe concentrou os serviços nas linhas Cachoeirinha, Pratinha, São José e morro da Barra do Herval. 

A agricultora Romilda Weber, moradora da comunidade de linha São José, lembra que faz de quatro a cinco anos que o município não realizava trabalhos de manutenção na estrada. “Era muito sofrido, pois quando chovia, os buracos dificultavam o trânsito de ônibus escolar, transporte do leite e das pessoas. Recentemente, o serviço feito pela equipe da Prefeitura, ficou exemplar”, acrescenta.

Conforme o chefe de Divisão do setor, Paulo Henrique Burin (Paulinho), toda essa extensão de serviços também beneficia o camping de lazer Zappani, porque foi feito o patrolamento total e cascalhamento em alguns pontos da estrada geral que desce do posto Potencial, localizado em linha Campinas, até a geral da linha Taquá. “Nessa época, além do transporte dos produtos agrícolas, inicia a temporada de verão e a estrada tem condições de receber melhor aos frequentadores da atração turística”. As próximas ações de melhorias serão nas comunidades de Vorazinho, Vorá, São Brás e Gaúcha. 

Para o prefeito Sadi Bonamigo, com o tempo firme, muitos serviços são feitos. “Em virtude da necessidade, o município contratou 200 horas de patrola, que a partir desta semana, já começa o trabalho de alargamento nas estradas gerais e acessos, inclusive limpeza e abertura de sarjetas, em Vorazinho e Vorá até divisa com Iporã do Oeste”, explica. “Estamos trabalhando muito para que as estradas do município de Descanso tenham condições de trafegabilidade, porque a safra se aproxima e a agricultura representa quase 80% do nosso movimento econômico”, conclui o prefeito.



Fonte: Deonir Dalpias (Paulo Dim)

Mais notícias