TV GC

Notáveis da América

Mondovinno - 06/07/2018 09:00


No dia 14 de fevereiro de 1931, 16 famílias de produtores de uvas do município de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, reuniram-se para lançar a pedra fundamental do que viria a se transformar no maior empreendimento do gênero no Brasil: a Cooperativa Vinícola Aurora. Hoje, ainda situadas  no coração de Bento Gonçalves, a Vinícola Aurora é a maior do Brasil, com mais de 1.100 famílias de associados.

Com um cuidado particular em todos os seus produtos, a linha Aurora Pequenas Partilhas – Notáveis da América propõe uma experiência com as variedades representativas do continente sul-americano.

São 4 Pequenas Partilhas: Malbec argentino, Cabernet Franc brasileiro, Tannat uruguaio, e este Carmenère chileno.

O Carmenère chileno, é do Vale de Colchágua, onde as uvas crescem numa altitude de apenas 170m acima do nível do mar. O solo é granítico, franco, e as chuvas escassas. No processo de vinificação, os grãos passam por uma  maceração pré-fermentativa a frio, isto é, depois de retirados do cacho, os grãos fermentam em tanques resfriados, iniciando lentamente o processo, mantendo a belíssima cor. Somente depois disso são encaminhados para a fermentação tradicional. Depois de pronto, 30% do vinho matura em carvalho francês e americano por 8 meses. Essa passagem pela madeira  resulta em notas especiadas delicadas, que não escondem toda a exuberância  da fruta vermelha madura. Sua cor é violeta profundo com belo halo. Os taninos macios e aveludados da Carmenère estão em sua máxima expressão, emoldurados pela equilibrada acidez. Com 14% de álcool, acompanha muito bem pratos de carne vermelha, em especial, filé,  e queijos de média maturação. Para os mais ousados, vale provar o vinho com  bacalhau, nas clássicas receitas portuguesas.  Não passe este inverno sem provar.


Mais notícias