TV GC

Palestra técnica show reuniu bom público em Bandeirante

Evento teve palestra com o terapeuta familiar Sérgio Ribeiro, que focou sua fala na valorização da vida

Bandeirante - 14/09/2018 09:14 (atualizado em 15/09/2018 13:18)
Carregando Vídeo


Mais de 150 pessoas participaram da palestra “É preciso saber viver”, com o terapeuta familiar Sérgio Ribeiro. O evento foi realizado no salão católico da comunidade de Bandeirante, na tarde de quarta-feira (12) para lembrar o Setembro Amarelo, em que o município focou na prevenção à saúde mental. 

De acordo com o terapeuta Sérgio Ribeiro, o foco principal da sua fala foi a valorização da vida. “Todos nós viemos de relações com algum tipo de dificuldade. Nenhum ser humano escapa, por exemplo, de uma neurose familiar e a ideia foi mostrar como a gente pode lidar com isso. Como aprendo a viver dentro das relações que eu encontro”, explica.

Sérgio também abordou outro ponto importante sobre resiliência, que é a nossa capacidade de lidar com frustrações, dificuldades ou perdas que temos. Já na questão da terapia familiar, entrou a questão da experiência de como ajudar famílias a construírem relações saudáveis e que possam produzir em seus filhos uma melhor qualidade de vida. 

Para interagir com o público, o músico Douglas Pasqualli cantou canções ligadas à fala de Sérgio, momento em que os presentes participaram e se envolveram no encontro. Segundo a psicóloga Patricia Battisti, viver é um desafio constante, mas é possível. “Acreditamos que no decorrer da vida precisamos fazer pausas, reflexões, no olhar, e também olhar para o outro. Às vezes é preciso resgatar e se resgatar e, com certeza, relações saudáveis contribuem para que tenhamos mais qualidade de vida. É possível saber viver e o terapeuta Sérgio Ribeiro teve muita sensibilidade para abordar assuntos que muitas vezes levam ao adoecimento do ambiente em que convivemos. Acreditamos que o evento foi um sucesso e, com certeza, vai acrescentar na vida de cada um que esteve presente”, complementa.

Antes da palestra, o grupo Semeando Tradições realizou apresentação de dança gauchesca. Formado por dançarinos mirins, o grupo apresentou três músicas ao público, ensaiadas pela instrutora Maria Luiza de Britto. 


Fonte: TV GC

Mais notícias