TV GC

Monumento que homenageia soldados mortos em duplo acidente da BR 282 é inaugurado

Evento ocorreu em frente a sede do Corpo de Bombeiros de São Miguel do Oeste na manhã desta terça-feira, dia 9 de outubro.

SÃO MIGUEL DO OESTE - 09/10/2018 17:57 (atualizado em 10/10/2018 17:10)
Carregando Vídeo



O Corpo de Bombeiros Militar e a Polícia Militar de Santa Catarina, com apoio da Aprasc – Associação de Praças do Estado de Santa Catarina promoveram na manhã desta terça-feira, dia 9, o ato de homenagem e inauguração do monumento aos soldados mortos no acidente da BR 282, há exatos 11 anos, em 9 de outubro de 2007.O evento contou com a presença de familiares das vítimas homenageadas, militares, autoridades civis regionais e imprensa. Durante o ato, várias homenagens e recordações foram realizadas dentre eles, a oportunidade de as famílias colocarem junto ao monumento, uma placa com o nome do familiar que faleceu durante o duplo acidente. 

A placa de inauguração foi descerrada pelo secretário de estado da segurança pública, Alceu de Oliveira Junior, o comandante-geral do corpo de bombeiros militar de Santa Catarina, Coronel Borges, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Araújo Gomes, e o presidente da Aprasc, subtenente polícia militar da reserva remunerada, Edson Garcia Fortuna.

Em entrevista a TVGC, o artista plástico que esculpiu o monumento de concreto, Neuri Jorge Reolon, destacou a dificuldade para moldar uma obra de arte de tamanha significância. “Procurei representar na obra a leveza desse quase voo desse anjo, que dá nome a obra, ‘sentinela sempre presente’. Ela mantém viva a história desses heróis e das pessoas envolvidas direta e indiretamente nesse acidente”, destaca. A obra, segundo o representante da Aprasc, Rogério Golin,foi edificada com recursos angariados entre os próprios praças, que sentiram a necessidade de homenagear os colegas tombados em serviço durante o acidente. “A solenidade de hoje, destina-se a relembrar e reverenciar os que já não estão mais conosco, mas que estão vivos na memória dos familiares e dos companheiros de farda”, destaca.

AS VÍTIMAS

O evento do dia 9 de outubro de 2007, na rodovia BR-282, próximo à ponte do rio das antas, município de Descanso, marcou para sempre a vida da população regional. Como resultado, após um duplo acidente, restaram 27 mortes, mais de 100 feridos, e dentre as vítimas fatais, além de três representantes da imprensa: um policial militar, dois socorristas do Samu, um bombeiro comunitário e quatro bombeiros militares.


Vítimas fatais do 1º Acidente

Adelar Besuti

Claudimir José Spagnolo

Emanuele Thaís Mathes

Erizoni Tormes

Evanir De Fátima Becker

João Aldino Ludwig

Lorena Martelo Corso

Luiz Eduardo Mathes

Marco Aurélio Mathes

Marinalda Girolometto

Marisa Salete Acorsi


Vítimas fatais do 2º acidente

3º Sargento Bm Leonir Francisco Bagatini

3º Sargento Bm Roberto Inácio Borgheti

Cabo Bm Carlos Roberto Françozi

Cabo Bm Evandro Daltoé

Cabo Pm Ilvânio Marcos Sehnem

Bombeiro Comunitário Élio Moss

Clóvis José Fluck (Socorrista Samu)

José Evaldir Ferreira Zuze (Socorrista Samu)

Edinei Angelo Roth

Fernando Dos Santos

Gilmar Da Costa

Nestor Jorge Dalpin

Roberto Carlos De Castro

Elisandra Lucotti (Repórter Do Jornal Folha Do Oeste)

Evandro Luiz Troian (Cinegrafista Rbs)

Valdik Lucas Rúpolo (Repórter Da Rádio Peperi)


Fonte: Redação

Mais notícias