TV GC

Rapaz é condenado à 29 anos de prisão por matar companheira

O réu foi condenado pela prática dos crimes de homicídio qualificado, uso de meio cruel, feminicídio, aborto e posse de arma de fogo

Região - 22/11/2018 17:22



Foi realizado nesta quarta-feira, dia 21, na Comarca de Itapiranga, nas dependências da Câmara de Vereadores,  o Júri Popular.

O réu M.L.E., de 28 anos de idade, foi condenado a 29 anos e 9 meses de reclusão pela prática dos crimes de homicídio qualificado, uso de meio cruel, feminicídio, aborto e posse de arma de fogo. 

M.L.E. foi sentenciado pela prática da morte de sua companheira Marciéle Dos Santos Friedrich, de 16 anos de idade. A vítima que estava grávida com gestação de 4 meses meses, foi a óbito no hospital após ter sido violentamente agredida, em novembro de 2017.

Investigações

De acordo com as investigações realizadas pela Polícia Civil, por meio da DPCO/FRON de Itapiranga, Marciéle dos Santos Friedrich foi violentamente agredida por volta de 21h do dia 14 de novembro de 2017, na localidade de Linha Aparecida, interior de Itapiranga, por seu companheiro M.L.E. A jovem foi localizada na mesma comunidade nas margens da estrada, inconsciente, com várias escoriações no corpo, hematomas no abdômen e pescoço. 

A vítima  foi socorrida e encaminhada ao Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, onde permaneceu internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) até o dia 29,  às 13h30, vindo a falecer em decorrência das graves lesões sofridas. 

No local dos fatos, foi apreendida uma arma de fogo, além de objetos utilizados para agredir a vítima. A vítima foi agredida com um pedaço de madeira e com pedradas.

A Policia Civil  realizou diversas diligências, o que possibilitou a coleta de importantes elementos de provas.  Após inúmeras diligências de campo no intuito de realizar a prisão, no dia 22 de novembro, M.L.E. se apresentou na Delegacia de Polícia de Itapiranga, onde recebeu voz de prisão. 

M.L.E., que era companheiro da vitima e já tinha várias passagens policiais,  foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada de São Miguel do Oeste, onde permaneceu recluso durante todo o processo.


Mais notícias