TV GC

A TERAPIA PODE SALVAR MEU CASAMENTO?

Parte III

Familiaridades - 11/01/2019 09:31

A IMPORTÂNCIA DE BUSCAR UM PROFISSIONAL

Muitas vezes uma separação pode acontecer por uma inabilidade do casal em resolver conflitos. Cada um usa os seus próprios referenciais para julgar o companheiro (a) sem ao menos dar a chance de ouvir o outro, pois normalmente estão tão presos em algumas crenças que foram educados, que não enxergam outras realidades. 

“Muitas vezes é difícil tratar ou orientar alguém que acredita ter todas as razões!”

Nestes casos, a pessoa só ouve o que deseja ouvir e pode ainda interpretar as palavras de uma forma distorcida, situações essas que de alguma forma são convenientes ou desconstroem sua razão. 

O trabalho terapêutico de um profissional irá possibilitar a recontextualização das situações vivenciadas na relação conjugal, revendo crenças que cada um possui. Muitas vezes estamos tão envolvidos na relação disfuncional (com conflitos), que não temos percepção do quanto à relação deve ser dupla em vez de uma via única, ou seja, ela depende da ação conjunta do casal para que o casamento se ajuste e o casal possa reconstruir a vida a dois. 

Pelo fato de estarem tão centradas em acusar o outro, as pessoas envolvidas também acabam se esquecendo de olhar para as próprias atitudes. Dessa forma, distanciam-se da responsabilidade de realizar mudanças que possam trazer uma harmonia entre o casal. 

Quando um casal se permite a ouvir um ao outro dentro de um processo de terapia de casal, ambos se autorizam a refletir e buscar soluções conjuntas, envolvendo o diálogo, o afeto, a tolerância e as ações efetivas para recuperação do casamento. Essas ações dependerão das duas partes envolvidas e não somente de um dos parceiros. 

Os casais se enganam quando param com os cuidados do cotidiano. No casamento, os dois precisam de atenção constantemente e os pequenos carinhos, agrados, mimos, podem ser os diferenciais para uma relação duradoura. 

Mais notícias