TV GC

Prefeito de Guarujá do Sul solicita que o IMA disponibilize mais técnicos na região

Claudio Junior Weschenfelder se diz angustiado com o andamento dos processos, sobretudo após a Operação Irmandade, que prendeu e afastou servidores do órgão

Região - 14/05/2019 08:27 (atualizado em 21/05/2019 10:48)

O prefeito de Guarujá do Sul, Claudio Junior Weschenfelder, lançou nota criticando a demora dos pareceres do Instituto do Meio Ambiente, IMA, em relação a licenciamentos ambientais no município. Ele se diz angustiado com o andamento dos processos após a prisão e afastamento de servidores do órgão após a Operação Irmandade. Ele pede que o IMA disponibilize mais técnicos para dar andamento aos processos.

Confira a nota:

 

    “Na condição de Prefeito Municipal, quero partilhar com alguns amigos um sentimento de angústia que vivencio em relação ao processo de licenciamento ambiental da nova área industrial do nosso município. O motivo maior dessa angústia se deve ao fato da demora nas vistorias e apresentação dos pareceres por parte do Instituto do Meio Ambiente - IMA.

    Depois de superar etapas burocráticas e administrativas durante os anos de 2017 e 2018 e após um conjunto importante de investimentos do município, no dia 20 de Dezembro do ano passado, apresentamos o pedido de licenciamento ambiental de mais 24 lotes e até o momento não houve sequer a vistoria no local.

    Além da demora, agora ainda contaremos com um desfalque na equipe da regional de São Miguel do Oeste, já que na semana passada alguns técnicos do IMA foram presos por suspeita de corrupção e cobrança de propina para facilitação de liberação de licenças ambientais.

    Já estamos há alguns meses aguardando o licenciamento ambiental de mais de 20 lotes na nova Área Industrial do nosso município e a grande questão é a seguinte: se com a equipe completa não houve sequer uma vistoria nos últimos cinco meses, com a equipe desfalcada quando vai haver efetivamente alguma movimentação no processo de licenciamento ambiental do nosso Parque Industrial?

    Os investimentos mais recentes já ultrapassam R$ 800 mil. Em Drenagem Pluvial já são mais de R$ 600 Mil aplicados e mais R$ 180 Mil na Rede Elétrica.  Por meio desses investimentos liberamos a licença ambiental de quatro lotes em 2018 e nesse momento solicitamos o licenciamento de mais 25 lotes.

    Não é possível que nosso município seja penalizado pelas atitudes inconsequentes de técnicos que são servidores de um órgão público que deve contribuir com o desenvolvimento sustentável da região e não travá-lo. Nem, tampouco, podemos admitir que esse órgão venda facilidades, priorizando análises de processos que ofereçam vantagens pessoais aos funcionários.

    Dessa maneira estamos solicitando à Presidência do IMA que disponibilize mais técnicos na região para dar maior agilidade nas análises. Sabemos que o cenário econômico brasileiro é bastante complexo, já são milhares de indústrias que fecharam as portas e que os investidores estão aguardando uma sinalização de melhora na economia.

    Porém, ainda assim, estamos viabilizando esses investimentos na Área Industrial, apostando numa reação da economia, de forma que Guarujá do Sul está se preparando para um futuro promissor, em que o nosso município despontará como grande aqui na região.

    E para isso a liberação do licenciamento ambiental do Parque Industrial é indispensável. Nesse sentido, vamos focar ainda mais esforços e intensificar nossas cobranças para que a equipe regional do IMA seja reestruturada imediatamente com quantidade razoável de servidores para que os licenciamentos sejam liberados com maior celeridade.”

Fonte: TV GC
Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business TVGC (49) 99936 0092

Mais notícias

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.