TV GC

EXPO GUARUJÁ DO SUL E 3º FEIRA DOS SABERES E SABORES INICIA HOJE

De Olho no Campo - 18/10/2019 15:29


Acontece de 18 a 20 de outubro a EXPO GUARUJÁ - Feira Agropecuária, Comercial e Industrial de Guarujá do Sul, e a 3º Feira dos Saberes e Sabores. São muitas atrações com exposição de produtos da indústria, comércio e agropecuária, shows, palestras, seminários e muita comida saudável. São mais de 50 expositores do município e da região da agricultura familiar e expositores da indústria e o comércio.

Nosso convite especial para participarem da 3º Feira dos Saberes e Sabores que acontece amanha dia 19/10 com muitos atrativos, mas principalmente momentos de debates e aprendizagem sobre a produção limpa e agroecológica. 

Feira coordenada pela Cooper Flor de Guarujá do Sul e tem por objetivo a valorização da agricultura familiar, produção orgânica e economia solidária. Guarujá do Sul lhes espera.

Os municípios que quiserem participar com suas delegações de agricultores familiares é só organizar a excursão e se dirigir a Guarujá do Sul, principalmente no sábado dia, 19, onde irão acontecer muitas oficinas, palestras e seminários sobre diversos temas como: Manejo sanitário de animais, meliponicultura, planejamento, manejo e implantação de pomares de Nogueira Pecã, manejo técnico em gado de corte, tecnologia do silo secador, peixe verde, dieta das vacas de leite, cultivo semi hidropônico e hidropônico de morango e folhosas, manejo e criação de bezerras e seminário sobre segurança alimentar. 

DIA INTERNACIONAL DO COOPERATIVISMO DE CRÉDITO

Agrupando cerca de 260 milhões de pessoas em 117 países, o Dia Internacional das Cooperativas de Crédito, celebrado anualmente na terceira quinta-feira de outubro, chega em seu 71º ano sincronizando todos pelo mesmo ideal: fortalecer as soluções cooperativistas financeiras nas comunidades.

A data representativa que, desde 1948 consolida a importância do cooperativismo de crédito no mundo, este ano foi no dia 17 de outubro (ontem) e traz como tema “Serviço local. Alcance global”, buscando reforçar os impactos globais do sistema.

O Dia é usado não só para relembrar o passado, mas também comemorar a evolução e conquistas que com muito suor, cooperação e pensamento no próximo, fez com que o cooperativismo de crédito se tornasse o que é hoje, parte da vida e presença no dia a dia de milhares de pessoas ao redor do mundo. Além disso, o Dia Internacional das Cooperativas de Crédito também planeja futuras conquistas para as cooperativas e principalmente para seus cooperados.

Estimuladas pelo Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito – Woccu, as cooperativas financeiras de todo o mundo celebrarão a união, a importância e a força realizadora do cooperativismo de crédito em prol do desenvolvimento econômico, social e humano. No Brasil, promovido pela Confebras em parceria com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), haverá intensa campanha de divulgação visando a mobilização de todos aqueles que contribuem para o fortalecimento do cooperativismo financeiro em território nacional.

HISTÓRICO E CENÁRIO ATUAL DAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO


O cooperativismo no Brasil destaca-se com o Ramo Crédito onde nos destacamos com a 16ª posição no mundo em expressão no Cooperativismo de Crédito.

No Brasil o cooperativismo de crédito iniciou em Nova Petrópolis/RS, no ano de 1902 por iniciativa do Padre suíço Theodor Amstad que em conjunto com outras 19 pessoas fundou a 1ª Cooperativa de Crédito da América Latina.

Logo nos primeiros anos as cooperativas espalharam-se pelo Rio Grande do Sul e pelo Brasil. Além das 25 cooperativas de crédito fundadas por Amstad outras foam fundadas e transformaram a realidade de muitos municípios.

Em 1964 por ocasião da Ditadura Militar e de uma legislação mais restritiva as cooperativas do Brasil enfrentaram duras restrições e o crescimento sustentado foi retomado apenas após importantes conquistas por ocasião da Constituição Federal de 1988 que reconheceu a importância das cooperativas de crédito.

Atualmente a rede de atendimento das cooperativas no Brasil representa 18% das agências bancárias do país, enquanto que os depósitos totais administrados ultrapassam 5% do total, sendo que as cooperativas de crédito somadas ocupam a 6ª posição no ranking do volume de ativos, depósitos e empréstimos, estando portanto entre as maiores instituições financeiras de varejo do país.

Tais números demonstram o grande desafio a ser superado pelas cooperativas brasileiras que, apesar de darem ao Brasil o 16º maior volume de ativos de instituições financeiras cooperativas no mundo, ainda possuem um mercado potencial muito grande para crescimento.

O Brasil possui cerca de 1.100 Cooperativas de Crédito, 38 Centrais Estaduais e 4 Confederações, sendo alicerçado basicamente em 5 sistemas de crédito, sejam eles, SICOOB, SICREDI, UNICRED, e CECRED, CONFESOL (representando as centrais Cresol, Ecosol e Crenhor).

EXISTEM 60 COOPERATIVAS SINGULARES

CECRED: em Santa Catarina, onde há 15 singulares filiadas à Cooperativa Central de Crédito Urbano (Cecred), entre as quais duas de livre admissão e cinco de empresários. Já a CECRERS: no Rio Grande do Sul, com 17 singulares filiadas à Cecrers Central, uma das quais no ramo de empresários.

A CENTRALCRED: em Rondônia, onde se desenvolveram 10 singulares de crédito rural filiadas à Cooperativa Central de Crédito Noroeste Brasileiro (Centralcred). A CECOOPES: no Espírito Santo, com 3 cooperativas urbanas filiadas à Cooperativa Central de Economia e Crédito Mútuo do Espírito Santo (Cecoopes). E a UNIPRIME: formada por 8 cooperativas discidentes da Unicred, sendo 6 do Paraná e 2 do Mato Grosso do Sul.

DISTRIBUIÇÃO DAS COOPERATIVAS POR REGIÃO

Existe uma grande concentração das Cooperativas de Crédito (75% do total) nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, regiões estas consideradas as mais prósperas do país. Segundo dados do BACEN, 2/3 das cooperativas de crédito do país estão nos seguintes estados: São Paulo (cerca de 300 cooperativas), Minas Gerais (aproximadamente 250), Rio Grande do Sul (cerca de 100), Paraná (cerca de 100) e Santa Catarina (aproximadamente 100).

O sistema Sicredi teve sua origem no Rio Grande do Sul e espalhou-se pelo oeste brasileiro, avançando pelos estados do Paraná, Mato Grosso Sul e Mato Grosso. Atualmente encontra-se presente em 11 estados brasileiros, mas é o Rio Grande do Sul que apresenta em torno de 50% do total de associados do SICREDI.

Já o sistema Sicoob atua em vários estados do território nacional com grande ênfase em Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina, que juntos totalizam 74% dos associados do Sicoob.

Os sistemas SICREDI e SICOOB possuem seus próprios bancos cooperativos, o BANCO SICREDI e o BANCOOB, criados para atender especificamente as suas cooperativas de crédito e que não possuem agências próprias.

Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business TVGC (49) 99936 0092

Mais notícias

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.