TV GC

AGRICULTURA FAMILIAR PRESENTE NA FAISMO 2019

De Olho no Campo - 29/11/2019 14:01

A Faismo deste ano que aconteceu entre os dias 14 a 17/11/19 foi uma das maiores dos últimos tempos tanto em movimento de pessoas, qualidade e quantidade dos estandes e variedades de segmentos expondo seus produtos e serviços.

Além do número elevado de expositores do comércio, indústria, prestadores de serviços, também ase fez presente o setor do Mercoleite mostrando a sua potencialidade do agronegócio com exposições de animais da atividade leite, gado de corte e também máquinas e implementos agrícolas.

Já a agricultura familiar esteve bem representada por mais de 40 expositores de toda região com produtos oriundos de pequenos produtores rurais como frutas, panificados, hortaliças, pequenas agroindústrias, artesanato, cuias, alimentos diversos e outros produtos de origem animal e vegetal.

A Epagri como uma das principais empresas de assistência técnica e extensão rural de Santa Catarina também se fez presente mostrando os principais projetos com destaque para o silo secador, horta doméstica, plantas bioativas e outros atrativos da agricultura familiar, seu público alvo. 

MACARRÃO SEM GLÚTEN CHAMOU ATENÇÃO DO PÚBLICO

Aconteceram também oficinas com enfoque a diversos temas ligados a alimentação saudável como Oficina de pão de queijo com ora pro nobis, Faismo 2019, a produção de macarrão sem glúten.

A população que esteve no estande da Epagri e da Secretaria de Agricultura, na Faismo 2019 “O Nosso Melhor”, pode saborear na tarde desta sexta-feira, 15, de um macarrão sem glúten, produzido a base de farinha de milho e ovos.

O extensionista rural da Epagri, José Nicolau Fernandes, de Siderópolis na região de Criciúma, apresentou o macarrão desenvolvido por ele, com uma massa produzida com milhos varietais (crioulos), os quais não são transgênicos e nem híbridos, e são variedades da própria Epagri.

Segundo Nicolau comenta que “Utilizamos duas variedades de milho, o Catarina e o Colorado. Eles são apropriados para a produção desta massa sem glúten”, explicou Fernandes. A oficina atraiu um bom público ao estande da Epagri e Agricultura, que teve a oportunidade de degustar do macarrão oferecido pelas equipes que trabalham no local.

A receita de macarrão sem glúten é simples, saudável e barato. Contém apenas 14 ovos e um quilo de farinha de milho crioulo ou varietal da Epagri com pouco de água e mexer, depois passar na máquina extrusora e cozinhar. 

BANDEIRANTE LANÇOU A 14º EDIÇÃO DA CAMPANHA CONTRA O CÂNCER DE PELE

Bom público prestigiou o lançamento da 14º edição da Campanha Use Chapéu e Tenha Mais Saúde de Bandeirante que aconteceu no dia 21/11/19 as 13:00  horas na propriedade da família de Valnecir Wenning na Linha Gaspar em Bandeirante.

Iniciou com uma palestra sobre o tema: Porque se preocupar com o câncer de pele? Com a palestrante, Dra. Cássia Regina Cavaglier. Especialista em dermatologia.

O objetivo da campanha é sensibilizar as pessoas para se prevenir contra o câncer de pele, usando diversas formas de se proteger como o chapéu, protetor solar, camisas de manga longa e outros.

Para uma vida longa e saudável, o melhor remédio é a  prevenção. Evite o câncer de pele se protegendo e se cuidando contra esse mal que afeta milhares de pessoas. Assim que perceber lesões, pintas ou manchas na pele, procure um médico especialista e realize os exames necessários. O mal se corta pela raiz.

O lema deste ano é: “Cuide de você e de sua família”. Na próxima edição mais detalhes da campanha e fotos.

A organização é da Epagri local e Prefeitura de Bandeirante com apoio do Sicoob, Sindicato dos Produtores Rurais, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Escolas, Farmácias São Miguel, Rede Peperi de comunicação e Dra. Cássia Regina Cavaglier.

Ocorreu um sorteio de chapéus, distribuição de material informativo da campanha e de um cartaz para cada comunidade. Todos estão convidados a prestigiar e participar da campanha Use Chapéu e Tenha Mais Saúde de Bandeirante. 

Logo após o lançamento da campanha houve um Dia de Campo de Leite sobre Balanço alimentar dos bovinos leiteiros, Instalações e qualidade do leite e silo secador.

LANÇAMENTO DE CEBOLA RESISTENTE A DOENÇAS E PRAGAS


Em evento de comemoração dos 35 anos de fundação da unidade de pesquisa e dos 28 anos da Epagri, aconteceu, dia 14, a Estação Experimental da Epagri em Ituporanga (EEItu) lançou o seu nono cultivar de cebola, o SCS379 Robusta. 

A EEItu desenvolveu a cebola SCS379 Robusta para ser um cultivar mais tolerante às pragas e doenças, o que lhe proporciona menor necessidade de utilização de agrotóxicos e maior produtividade no cultivo convencional, orgânico ou agroecológico.

A SCS379 Robusta é tolerante ao míldio, a principal doença dos cultivos de cebola no Sul do país. “Com a menor severidade da doença, o cultivar é mais produtivo que o padrão, sendo uma excelente opção para todos os sistemas de produção: convencional, Sistema de Produção Direta de Hortaliças (SPDH), produção integrada, orgânico e agroecológico” explica Daniel Pedrosa Alves, gerente da EEItu e um dos pesquisadores responsáveis pelo desenvolvimento do cultivar.

O ciclo superprecoce da Robusta é outra vantagem. Ele permite que a planta seja semeada por volta de 15 de abril e colhida já a partir de 20 de outubro. Assim, ela foge dos meses mais quentes do ano, quando o ataque do tripes, principal praga que ataca as plantações é mais intenso. Para se ter uma comparação, a bola precoce, o cultivar mais plantado em Santa Catarina, tem ciclo que vai do início de junho até por volta de 20 de novembro.

Foram necessários cerca de 15 anos de pesquisas, desenvolvidas por engenheiros agrônomos mestres e doutores da EEItu, para oferecer ao produtor catarinense o cultivar de cebola SCS379 Robusta. O trabalho atende a uma necessidade latente da agricultura catarinense, já que Santa Catarina é o maior produtor nacional de cebola e a hortaliça é cultivada basicamente por agricultores familiares. O Alto Vale do Itajaí reponde por mais de 70% da produção do Estado.

Mais notícias