TV GC

DESCONECTADO... DA VIDA A DOIS!

Parte II Como foi o seu dia?

Familiaridades - 29/11/2019 14:03

Como expressei aqui, no artigo anterior, parece que o nosso tempo tem ficado cada vez mais curto, seja pelo excesso de atividades ou pelos compromissos, principalmente aqueles externos à vida domiciliar. Quase todos nós temos uma grande pressa em terminar algo, principalmente (à nível) de nossas atividades profissionais e sociais. 

Muitas pessoas procuram contrariar o cansaço do dia a dia e apelam por alguma atenção e carinho, dentro da sua própria casa. Mas nem sempre o companheiro (a) está na mesma sintonia, e pode acabar facilmente ignorando estes apelos, até por que estes podem vir de maneira não muito clara, por vezes de forma agressiva, de tristeza e até de isolamento. Em geral, é fácil ignorar estes apelos e nem dar por conta. Claro que quando são os nossos próprios apelos, os ignorados ou, pior do que isso, desvalorizados, é difícil esquecer a mágoa.

Sentir-se ignorado ou não ouvido é a queixa mais comum entre os cônjuges, o que pode promover um sentimento de desamparo e sem querer, voltam-se cada vez mais para fora da relação.

Quando as estratégias de sobrevivência à vida a dois, são pontuadas pelas tentativas não alcançadas, em cada tentar obter a atenção do outro, a frustração e a sensação de que “não vale a pena” vão-se instalando.

Cada vez mais com pessoas se separam após vinte ou mais anos de casamento. Em muitos destes casos, a desconexão não aconteceu de um dia para o outro. Foi acontecendo de forma gradual. E, muitas vezes, os membros do casal foram aprendendo a viver assim. 

Então aproveite o artigo e verifique qual é sua atenção às necessidades e sentimentos do seu parceiro (a), lembre-se que essa atenção pode fazer toda a diferença na felicidade conjugal.

Mais notícias