TV GC

Corpo de Bombeiros faz alerta sobre perigo do "Desafio da rasteira"

O perigo da brincadeira também levou a Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) a emitir um alerta por meio da internet

ALERTA - 18/02/2020 11:27


Foto: Print do Vídeo | CBMSC


Viralizou nas redes sociais nos últimos dias uma “brincadeira” a qual crianças e adolescentes tem realizado e que consiste em aplicar rasteiras uns nos outros após um salto no ar. A pessoa que recebe a rasteira acaba caindo de costas no chão. A brincadeira é conhecida como “quebra-crânio" ou "desafio da rasteira" e vem preocupando autoridades da área da saúde, Corpo de Bombeiros, pais e educadores.

Em um vídeo publicado nesta semana nas redes sociais, o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina fez um alerta destacando que este tipo de desafio pode trazer graves consequências, incluindo traumatismo craniano e até a morte. A campanha recebeu o nome “Amigo que é amigo não derruba, segura!”.

O perigo da brincadeira também levou a Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN) a emitir um alerta por meio da internet. No texto, a SBN diz que a brincadeira “provoca uma queda brutal, onde um dos participantes bate a cabeça diretamente no chão, antes que possa estender os braços para se defender”.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A nota ainda enfatiza que a queda “pode provocar lesões irreversíveis ao crânio e encéfalo (Traumatismo Cranioencefálico - TCE), além de danos à coluna vertebral. Como resultado, a vítima pode ter seu desempenho cognitivo afetado, fraturar diversas vértebras, ter prejuízo aos movimentos do corpo e, em casos mais graves, ir a óbito”, alerta.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O órgão ainda reforça que tanto a sociedade, como pais, filhos e amigos, devem agir “para interromper o movimento e prevenir a ocorrência de novas vítimas”. 


Fonte: TV GC
Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business TVGC (49) 99936 0092

Mais notícias