TV GC

Programa Rede Catarina já atendeu cerca de 70 mulheres em São José do Cedro

A intenção é dar maior efetividade e rapidez ao processo de medidas protetivas concedidas às vítimas de violência doméstica por meio do programa Rede Catarina

São José do Cedro - 13/01/2021 16:49 (atualizado em 14/01/2021 10:51)


Foto: Ilustrativa

  

    A informação é da policial militar, responsável pela iniciativa em nível local, Gisele Trentin.

    De acordo com ela, o programa institucional da PM catarinense tem como principal objetivo a aproximação com as mulheres, vítimas de violência.

    A intenção, destaca a policial militar, é dar maior efetividade e rapidez ao processo de medidas protetivas concedidas às vítimas de violência doméstica por meio do programa Rede Catarina, implantado em 2019 em São José do Cedro.

    "Desde então iniciamos o processo de aproximação com estas vítimas, seja através de visitas, mantendo contato via aplicativos de mensagens, ou mesmo em deslocamento ao destacamento", observa Gisele Trentin.

    Conforme ela, até agora, cerca de 70 mulheres foram atendidas, mas algumas optaram por dispensar o acompanhamento da PM.

    "O reflexo está sendo positivo. Uma maior parcela de mulheres está buscando mais informações sobre seus direitos e sentem-se mais seguras com o apoio da Polícia Militar", destaca.

    Para fazer parte do programa Rede Catarina a vítima necessita ter em mãos a medida protetiva. Mas, as mulheres que têm dúvidas sobre o funcionamento também podem buscar informações junto à Polícia Militar.

    Gisele Trentin ressalta que em 2021 o programa deve ser intensificado, já que no último ano algumas ações foram prejudicadas pela necessidade de isolamento social, provocada pela pandemia de Covid-19.


Fonte: Rádio Integração
Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business TVGC (49) 99936 0092

Mais notícias