TV GC

Médico da Secretaria de Saúde de São José do Cedro é intubado no Hospital Regional com Covid-19

O médico que trabalha há de 10 anos na Secretaria de Saúde foi intubado no dia de ontem.

São José do Cedro - 01/04/2021 13:44 (atualizado em 01/04/2021 14:13)


Foto: Divulgação


Nesta manhã, a assessoria de comunicação da prefeitura postou fotografias de um momento de oração, feito pelos profissionais do setor em frente à Unidade Básica de Saúde central, e um texto pedindo orações para o médico do ESF 4, Renan Lopes.

O departamento de Jornalismo da Rádio Integração conversou com a secretária de Saúde, Jucéli Soldá Franco, que confirmou o agravamento da doença no profissional.

O médico que, trabalha há mais de dez anos na Secretaria de Saúde de São José do Cedro, testou positivo para Covid-19 no dia 19 de março e desde então estava em isolamento.

A partir da confirmação da infecção ele passou a manifestar sintomas mais graves e foi internado em um hospital particular de São Miguel do Oeste, onde mora.  Chegou a receber alta, mas teve que ser novamente internado por conta do agravamento dos sintomas. Na terça-feira ele foi transferido para o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso de São Miguel do Oeste e ontem precisou ser intubado.

O médico gaúcho, natural de Porto Alegre, tem 40 anos. O agravamento do quadro de saúde pegou todos os profissionais da Secretaria de Saúde cedrense de surpresa, disse Jucéli. 

Este é o segundo médico do município a testar positivo para Covid-19. O outro profissional se recuperou da doença e está de volta ao trabalho.

A secretária de Saúde voltou a chamar a atenção para a necessidade de as pessoas seguirem as normas de prevenção como uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social. "Estamos todos tristes com esta situação. Também preocupados. Pedimos que as pessoas façam orações pela melhora do médico e se sensibilizem sobre a importância da prevenção”, observou Jucéli.

Ela frisou que São José do Cedro, apesar de constatar menos casos diários de Covid-19 nos últimos dias - ontem, por exemplo, foram quatro – está demandando vários dos leitos de internação. Ontem eram 13 pacientes do município internados, sendo cinco na UTI e oito em leitos de enfermaria.

Jucéli Soldá Franco reiterou o apelo para que as pessoas não façam aglomerações e lembrou que a Páscoa é momento de celebrar a vida e uma das formas de se fazer isso é se cuidando, evitando aglomerações.

Fonte: Rádio Integração AM 1180
Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business TVGC (49) 99936 0092

Mais notícias