TV GC

Conak entrega Residencial Dona Bea em São Miguel do Oeste

Edifício de 11 pavimentos possui ótima localização e já tem os 36 apartamentos comercializados

São Miguel do Oeste - 07/06/2021 10:50 (atualizado em 07/06/2021 10:51)
Carregando Vídeo



A Conak entregou o Residencial Dona Bea, edifício de ótima localização, na Rua Almirante Baroso, esquina com a Guilherme José Missen, no centro de São Miguel do Oeste. O residencial de 11 pavimentos tem 36 apartamentos de dois quartos (uma suíte) e com excelente acabamento, todos já comercializados. O envidraçamento panorâmico das sacadas, com vista privilegiada, além de garagens amplas e de fácil acesso, são outros atrativos que tornam o Dona Bea uma ótima opção para morar. 

Um dos 36 imóveis foi adquirido por Marli Cetolin, que tinha o sonho de morar em apartamento. Ela conta que morou por 20 anos em uma residência construída pela Conak, e que adquiriu o apartamento da construtora pela confiança e respeito ao trabalho realizado pelo engenheiro Astôr Kist, fundador da empresa, que não escondeu a satisfação em fazer mais uma entrega. “Mais uma obra que muito nos orgulha. A gente faz questão de cuidar dos mínimos detalhes em todas as obras. Quem adquire um apartamento está colocando ali o seu suor, o seu esforço, o seu dinheirinho, o seu sonho. E é por isso que temos por meta entregar as obras com a melhor qualidade possível”, afirma Astôr Kist. 

O engenheiro ainda fez questão de valorizar a tradição da empresa no cenário da Construção Civil de São Miguel do Oeste e região. “O sentimento que eu tenho é de dever cumprido. A empresa tem 40 anos de existência. Com o mesmo CNPJ são 37anos. Antes disso, eu já trabalhava com a Casa Engenharia, depois, a partir de 1984, com essa empresa. Esse CNPJ de 37 anos já tem muitas entregas realizadas, sempre dentre da mesma filosofia e espírito, de entregar com a melhor qualidade possível. Sempre digo que não quero ser o maior, mas estar entre os melhores. Quero fazer com que o cliente se sinta satisfeito, que tenha seu dinheiro respeitado e valorizado”, comenta.



Homenagem à falecida esposa

O nome do residencial homenageia a falecida esposa de Astôr Kist, Dona Bea, que contribuiu nos primeiros passos da empresa.  “Quando eu comecei a empresa Astôr Kist Companhia LTDA, ela era a Companhia LTDA. Nós começamos em dois, o casal. No começo dessa empresa ela foi mestre de obra, ela foi responsável pelo setor de pessoal, ela cuidava das finanças, ela era realmente ‘meu braço direito’, esquerdo e as duas pernas. Ela foi uma batalhadora, uma guerreira, que muito me ajudou, que muito me orgulha e que, infelizmente, me deixou em 2010. Essa obra é em homenagem a ela, por tudo que ela representa para mim, como esposa pelo carinho, pelo amor, e também pela dedicação à empresa”, conclui.


Fonte: TvGC
Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business TVGC (49) 99936 0092

Mais notícias