TV GC

Faltaram mais de 600 mil doses para vacinar todos os adultos, diz Secretaria de Saúde

Segundo a pasta, desde 17 de janeiro, foram enviadas ao Estado 8,25 milhões de doses de vacina contra a Covid

FIM DO CALENDÁRIO - 01/09/2021 08:49


Foto: Cristiano Andujar/PMF/Divulgação

No último dia do calendário de vacinação para adultos em Santa Catarina, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que as doses enviadas pelo Ministério da Saúde no período não foram suficientes para imunizar toda a população acima de 18 anos contra a Covid-19. Apesar disso, a pasta afirma que a meta foi cumprida já que pelo menos 85% dos adultos receberam, pelo menos, a primeira dose.

A partir de setembro, está autorizada a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos e a aplicação de dose de reforço (3ª dose) em idosos e imunossuprimidos que completaram o esquema vacinal há mais de seis meses. 

O calendário havia sido firmado no início de julho e a SES reiterava a possibilidade de cumprir a meta baseada nos contratos de entrega de vacinas entre o Ministério da Saúde e as farmacêuticas que produzem os imunizantes. 

"Não podemos dizer que não conseguimos cumprir o que foi pactuado entre estados e municípios. Apesar de dependermos do envio de novas doses por parte do Ministério da Saúde, já vacinamos 85% da população adulta com a primeira dose. Sem contar as doses que já foram aplicadas e ainda não foram registradas no sistema", disse o  superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Eduardo Macário.

"Portanto, a meta foi superada pelos municípios e consideramos que a pactuação do Calendário foi cumprida, pois todos os municípios já ofereceram doses para a população adulta", completou. 

Segundo a pasta, desde 17 de janeiro, foram enviadas ao Estado 8,25 milhões de doses de vacina contra a Covid. Destas, 7,93 milhões foram distribuídas aos municípios - o restantes está guardada para garantir a dose 2. De acordo com os dados do vacinômeto estadual, foram aplicadas 6,92 milhões de doses. 

A pasta diz que o Estado precisa receber mais 675.299 doses da vacina contra a Covid-19 para conseguir contemplar 100% da população com 18 anos ou mais com a primeira dose da vacina. "Sabemos que ainda existe um contingente populacional acima de 18 anos que ainda resta ser vacinado, mas para isso necessitamos que o Ministério encaminhe mais doses para completarmos a vacinação desse grupo", destacou o superintendente.

A expectativa era receber, ainda nesta semana, doses suficientes para vacinar 100% da população adulta com a D1 e conseguir iniciar a aplicação da vacina nos adolescentes com idade entre 12 e 17 anos e a aplicação da dose de reforço nos idosos e imunossuprimidos. No entanto, na última distribuição, o Ministério enviou  110,7 mil doses, mas apenas para a aplicação da D2.

Com relação à vacinação completa, com a aplicação das duas doses da vacina ou dose única, a cobertura vacinal da população adulta, neste momento, é de 38%. No entanto, a aplicação da segunda dose segue sem prejuízo algum em todos os municípios catarinenses. Sendo que, nesta quarta, 1º de setembro, o estado vai distribuir 263.170 doses que estavam armazenadas na Central Estadual de Rede de Frio para serem utilizadas como segunda dose.

Fonte: RCN
Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business TVGC (49) 99936 0092

Mais notícias

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.