TV GC

Casan inicia testes em estação de bombeamento e anuncia investimentos no abastecimento em SMOeste

A estação de bombeamento intermediário deve aumentar a quantidade de água que é trazida do Rio das Flores, através da tubulação de água existente

ABASTECIMENTO - 14/01/2022 10:29
Carregando Vídeo


O gerente local da Casan, Vitor Gouvêia - Foto: Camila Pompeo | TVGC

A Casan de São Miguel do Oeste vem realizando nesta semana inúmeras ações a fim de diminuir os reflexos da estiagem no abastecimento de água do município. Em entrevista à TVGC na manhã desta sexta-feira (14), o gerente local da Casan, Vitor Gouvêia, explicou que, se comparado à dezembro, quando a Companhia iniciou o rodízio na cidade – o abastecimento melhorou. 

“Estamos com o tempo de interrupção menor, em função de que estamos ousando água com quatro carretas. Estamos chegando a mil metros cúbicos de água por dia. Puxamos do Rio das Flores e descarregam no Rio Cambuím que hoje é o que o manancial que mais sofre com a estiagem”, menciona.

Os trabalhos seguiram nessa semana com testes em uma estação de bombeamento intermediário, a qual deve aumentar a quantidade de água que é trazida do Rio das Flores, através da tubulação de água existente. 

“Tivemos um resultado instantâneo de aumento de vazão, mas ainda estamos fazendo testes. Estimamos que iremos trazer 30% a mais de água do Rio das Flores através dessa estação. Com todas essas atividades, aliadas à disponibilidade de caminhões pipas, estamos conseguindo melhorar muito o abastecimento de água na cidade”, afirma.

Com chuvas acontecendo de forma mal distribuída na região, Gouvêia estima que seria necessário um acumulado de 60 a 70 milímetro para que haja encharcamento do solo e aumento de vazão. “Isso nos daria um resultado para 10 a 12 dias”, menciona. 

Em São Miguel do Oeste, o consumo normal - quando não ocorre rodízio no abastecimento – é de em torno de 9 milhões de litros/dia. Em dezembro, já com o sistema de rodízio implementado, o consumo caiu para pouco mais de 7 milhões de litros/dia. 

Gouvêia reforça a necessidade de que a comunidade utilize água de forma consciente, principalmente nesse período de chuvas abaixo da média.

INVESTIMENTOS

Conforme o gerente, nessa semana a Casan concluiu o trabalho de implementação da estação de bombeamento, investimento na ordem de R$ 150 mil. Além disso, a Companhia anunciou também processo licitatório para aquisição da tubulação que irá permitir trazer mais água do Rio das Flores e aumento da capacidade da Estação de Tratamento de Água.

“A Casan vai adquirir 12 km de tubulação e a implantação será em etapas, substituindo inicialmente um trecho crítico da Linha Canela Gaúcha. Só isso representa algo em torno de R$ 14 milhões. Mais à frente, vamos aumentar nossa estação de tratamento, partindo para 260 litros por segundo. Vamos mais que dobrar nossa capacidade. É um investimento de R$ 30 milhões que irá nos dar uma segurança de operação por muitos anos”, finaliza.


Fonte: TV GC | Camila Pompeo
Envie suas sugestões de pauta para a redação
WhatsApp Business TVGC (49) 99936 0092

Mais notícias

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.